Entrada de adeptos para a Taça das Confederações 2017 e a Copa do Mundo 2018

 

A Lei russa estabelece o seguinte regime de entrada à Rússia dos visitantes estrangeiros quem pretendem assistir na qualidade de espectadores/adeptos ao seguinte evento desportivo de futebol:

Copa do Mundo FIFA de 2018 (14 de Junho - 15 de Julho de 2018: Moscovo, São Petersburgo, Sóchi, Casã, Ecaterimburgo, Kaliningrado, Nizhny Novgorod, Rostov do Don, Samara, Saransk, Volgogrado)

 

A entrada e permanência na Rússia para esta categoria de visitantes efetua-se sem vistos. Para usufruir deste regime, o visitante deverá ter portador do passaporte nacional válido para viagens ao estrangeiro, e também do Cartão de Adepto (Fan ID) que emite-se após adquirirem o bilhete para o jogo.

O Fan ID pode ser utilizado para efetuar múltiplas entradas na Rússia durante o período que começa 10 dias antes do primer jogo, e acaba dentro de 10 dias após o último jogo da Copa do Mundo FIFA de 2018.

A informação mais detalhada acerca de Fan ID, e outra informação adicional sobre o tema, encontra-se disponível online:

https://www.fan-id.ru/?locale=en

http://welcome2018.com/en

 

 

Nota muito importante: A validade de passaporte sempre deve ser superior a 6 meses após a saída prevista da Rússia.

Nota muito importante para os nacionais de Portugal: para viajar para a Rússia, deve ser obrigatoriamente o portador do passaporte, pois não se poderá viajar só com o BI ou com o Cartão de Cidadão. Se ainda não tem o passaporte, digija-se ao posto do SEF ou à Loja de Cidadão.

Se enfrentar dificultades durante o check-in ou embarque no aeroporto (p.ex. no eventual caso de a companhia aérea lhe recusar o embarque por ausência de visto), contacte imediatamente a Linha de Apoio de FAN-ID através do n.º telefónico +7-495-741-1818.

 

Os nacionais estrangeiros quem pretendem participar nos eventos acima mencionados na qualidade de desportistas, funcionários, pessoal técnico, voluntários etc., devem ser portadores dos respectivos vistos que se emitirão a base dos convites passados pelo Comité Organizador da Copa do Mundo, portanto estas categorias de visitantes deverão primeiramente entrar em contacto com o Comité Organizador para tomar conhecimento acerca dos procedimentos aplicáveis ao seu caso.